cadastre-se: Posts | comentários

Novos paradigmas e saúde

0 comentários

Resumo

Este artigo procura situar os estudos epistemológicos do campo da Saúde dentro de uma história da filosofia e da racionalidade experimental. Através da apresentação de um novo paradigma científico, ontológico e epistemológico – paradigmas quântico e spinoziano, paradigmas da não-separabilidade, da continuidade do descontínuo –, isto é, de uma nova relação entre natureza e cultura e por conseguinte  de uma nova concepção do ser humano, da ciência e da razão, procura propor uma redefinição dos conceitos de vida e de morte, de saúde e de doença.
Palavras-chave: Saúde; vida; epistemologia; Spinoza; quântica.
______________________

Abstract
New paradigms and health
This work wants to place the health epistemology’s studies on the philosophy and experimental rationality history. Since the presentation of a new scientific, ontological and epistemological paradigm – quantum and spinozian paradigms, paradigms of non-separability and continuity of the discontinuous –, that is, a new relation between nature and culture, so a new conception of human being, science and reason, this work suggests a new definition for the concepts of life and death, health and illness.
Keywords: Health; life; epistemology; Spinoza; quantum.

Leia o texto completo

Martins, A. “Novos paradigmas e saúde” in Os sentidos da saúde. Physis, Revista de Saúide Coletiva
(ISSN:0103-7331), v.9, n. 1. Rio de Janeiro: IMS/Eduerj, 1999. p.83-112.

Deixe um comentário